É proibido divulgar sondagens no período eleitoral em Moçambique

Durante a campanha eleitoral até à divulgação dos resultados, é proibido a divulgação de pesquisas eleitorais. A lei eleitoral moçambicana (4/2013 e 40/2018), no artigo 29 e 40 respectivamente, proíbem a divulgação de resultados ou de inquéritos relativos à opinião dos eleitores quanto aos concorrentes à eleição e sentido do voto, desde o início da campanha eleitoral até a divulgação dos resultados eleitorais pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).